Neil Gaiman

Um dos escritores mais aclamados e peculiares dos dias de hoje, Neil é um inglês que sempre está de cores escuras, alto, magro e descabelado. Uma figura tão excêntrica quanto aquelas que ele descreve em seus livros. Nascido novembro de 1960 em Hampshire, Sul da Inglaterra, Gaiman é: novelista, escritor, roteirista, poeta e artista ocasional.

Inspirado por escritores como: C.S. Lewis (As Cronicas de Narnia); J.R.R. Tolkien (“Senhor dos Anéis” e “O Hobbit”); Edgar Allan Poe (“O Gato Preto” e “A Máscara da Morte Rubra”); Ursula K. Leguin (“O Ciclo de Terramar”); Gene Wolfe (“The Book of the New Sun”), Neil traz uma carga cultural vasta e bastante perceptível em suas obras.

Desde criança já se interessava pelo poder das palavras e relata que certa vez quase teria sido expulso da escola por falar a palavra fuck em sala de aula No dia seguinte, fui levado para a sala do diretor e me perguntaram se eu sabia o que era uma palavra com quatro letras. Então eu listei todas as palavras com quatro letras que eu conhecia… Quase me expulsaram e minha mãe mandou nunca repetir. Achei sensacional poder fazer aquilo com apenas uma palavra.”

Neil começou sua carreira como jornalista, fazendo entrevistas e escrevendo criticas literárias.  Seu primeiro livro foi uma biografia de Duran Duran, que infelizmente não passou da tiragem inicial após a editora responsável pelo título declarar a falência. Seu segundo livro foi outra biografia sobre Douglas Adams (Guia do Mochileiro das Galáxias) intitulado “Não Entre em Pânico”.

Após ter se tornado amigo do famoso escritor Alan Moore (“O Monstro do Pântano”e “Watchmen”) teve uma grande influencia na hora de começar a escrever quadrinhos, Gaiman conheceu no final da década de 80 Dave McKean, que viria a ser seu parceiro durante anos. Tiveram a  primeira colaboração intitulada Violent Cases.

Foi em 1987 que os editores Karen Berger e Dick Giordano, em busca de novos talentos, conheceram Neil Gaiman e Dave Mckean que apresentaram a minissérie ‘Orquídea Negra, a obra pioneira da invasão britânica que mudou a história em quadrinhos na América.

Em 1989 resolveu dar pontapé no que viria ser o carro-chefe da editora Vertigo: “Sandman”, a premiada história que em 1991 virou o primeiro quadrinho a receber um prêmio literário. Foi em Sandman que Gaiman e McKean trazem sua mais forte parceria, onde Dave seria o artista por trás das fantásticas capas da obra.

Neil é um dos gigantes da era moderna da literatura, principalmente pela sua abordagem com narrações mais adultas. Um escritor que produz historias de forma excelente, com uma ótima escrita e de fácil entendimento. Gail traz abordagens mais profundas e ricas que são sempre muito bem trabalhadas, levando a imaginação para longe. Em suas historias fica claro a preocupação na hora de estudar sobre assuntos abordados, deixando evidente toda sua expertise.

Neil Gaiman é daqueles escritores que vale a pena sair colecionando.

Confira abaixo algumas de suas obras-primas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Referencias bibliográficas:
Saraiva – Orquidea Negra
Neil Gaiman – Biography
O Globo – Biografia recém lançada no Reino Unido refaz trajetória do Neil Gaiman
Wikipedia – Neil Gaiman
Omelete: Biografia – Neil Gaiman

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s