por Dan Costa

A primeira lembrança que eu tenho de Missão:Impossível – Protocolo Fantasma é uma cena das filmagens do longa, que mostra Tom Cruise fazendo papel de dublê no prédio mais alto do mundo em Dubai. Só essa cena já serviu para vender o filme para mim.

M:I – Protocolo Fantasma mostra as atividades da agência IMF sendo terminadas quando um atentado ocorre no Kremilin. Ethan Hunt e seu novo time agora têm que lidar com a situação sozinhos, sem ajuda, sem plano, sem estrutura, para limpar o nome de sua organização.

Falando em nova equipe, parecem que todos os atores já fizeram trabalhos juntos mostrando total entrosamento na telona. Tom Cruise volta como o espião Ethan Hunt, e dessa vez ele pena bastante (mais ainda) para cumprir sua missão. A idade já começa a pesar para Tom Cruise, assim como em seu personagem. Mas mesmo assim, TC insistiu em fazer todos as cenas perigosas do filme sem auxílio de dublê! O mais novo queiridinho de Hollywood, Jeremy Renner mostra mais ação como o agente Brandt que seu breve papel em Thor. O cara mostrou que está se tornando quase um action hero, com um novo filme da série Bourne vindo aí, além de ter os Vingadores chegando ano que vem. A bela Paula Patton, como a agente Jane, se mostrou à vontade ao lado de Tom Cruise, já tendo contracenado com Denzel Washington e Will Smith. Mas quem realmente roubou a cena foi Simon Pegg como o engraçadíssimo Benji. Duas reclamações no quesito “papéis”: 1) Ving Rhames aparece por 30 nanosegundos no final do filme, o que é MUITO pouco, já que ele foi importante nos outros três filmes; e 2) O Sawyer de Lost, Josh Holloway, fala meia dúzia de palavras e já é cortado do filme logo cedo. Muito se falou desse papel para ele e pouco se mostrou.

A direção do filme ficou por conta de Brad Bird que emprestou sua experiência anteriormente em Os Incríveis e Ratatouille. Bird fez um bom trabalho revitalizando a série, deixando com mais fôlego para mais uma trilogia. A edição, os efeitos e a ação foram na dosagem perfeita pra o longa. Que venha M:I 5 (ou qualquer que seja o nome até lá). A dúvida é: será que é hora de trazer outro ator para ser protagonista?

Resumindo: Missão:Impossível – Protocolo Fantasma é um ótimo filme de ação com espionagem. Apesar de ter 2:15 de duração, o longa não deixa o espectador respirar. Só espero que no próximo eles tragam mais de Ving Rhames (o cara merece bem mais do que Hollywood está lhe dando).

Nota: 9/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s