13175837

O escritor de ficção científica Richard Matheson, autor de livros como “Eu sou a Lenda”, “O Incrível Homem que Encolheu” e de episódios da série “Além da Imaginação”, morreu aos 87 anos no último domingo (23).

Ele morreu em sua casa em Calabasas, no Estado americano da Califórnia. A causa da morte não foi revelada.

Nascido em Nova Jersey, Matheson se formou em jornalismo na Universidade do Missouri e se mudou para a Califórnia em 1951. Na época, ele já escrevia histórias de ficção científica.

Um mestre na arte do conto, ele escreveu inúmeras histórias ao longo de seus mais de 40 anos de carreira –entre eles, “Duel”, de 1971. Essa história viraria um telefilme chamado “Encurralado” nas mãos de Steven Spielberg, na época ainda um jovem cineasta, revelado ao mundo a partir desse trabalho.

O roteiro foi adaptado pelo próprio Matheson.

“A imaginação irônica e icônica de Richard Matheson criou histórias únicas de ficção científica”, disse Spielberg em comunicado. “Seus episódios de ‘Além da Imaginação’ estavam entre os meus favoritos, e ele recentemente trabalhou conosco em ‘Gigantes de Aço’. Para mim, ele está no mesmo patamar de [Ray] Bradbury e [Isaac] Asimov.”

Em 1956, Matheson escreveu “O Incrível Homem que Encolheu”, livro que se tornou um clássico ao ser adaptado para o cinema um ano depois. Foi com ele que o escritor estreou como roteirista.

“Minha história original era uma metáfora para o lugar do homem no mundo, que está diminuindo. Isso ainda vale para hoje, quando todos esses avanços que nos salvarão serão na verdade nosso fim”, disse Matheson em entrevista à revista “The Hollywood Reporter”.

Seu livro “Eu Sou a Lenda” foi adaptado três vezes para o cinema: em 1964, virou “Mortos que Matam”; em 1971, “A Última Esperança da Terra”, com Charlton Heston; e, em 2007, foi levado às telas pelo filme homônimo que tinha Will Smith como protagonista.

Como roteirista, ele escreveu para séries como “The Alfred Hitchcock Hour” e “Star Trek”, além de fazer 16 episódios marcantes para “Além da Imaginação”. Com eles, influenciou toda uma geração de escritores, de Stephen King a Anne Rice, passando por Steve Niles e Seth Grahame Smith.

Talvez o mais famoso capítulo da série escrito por Matheson tenha sido “Nightmare at 20.000 Feet”, com William Shatner, no qual um gremlin aparece para um homem na janela do avião em pleno voo.

Fonte: Folha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s