090910

por Ed Jr.

O Regresso (The Revenant) é a mais nova obra do aclamado diretor Alejandro G. Iñárritu (“Amores Brutos”, “Birdman ou A inesperada Virtude da Ignorância”, “Babel”).

Baseado em fatos reais, o filme se passa em 1820 e conta a jornada de Hugh Glass (Leonardo DiCaprio, “O Lobo de Wall Street”, “O Grande Gatsby”), um explorador/guia de expedições de caça.

Liderando uma expedição em busca de peles, Glass e seu grupo são alvos de uma emboscada que os obriga a fugir de volta ao seu acampamento. Durante o perigoso trajeto, Glass é ferozmente atacado por um urso e se vê abandonado à beira da morte por seu companheiro de expedição John Fitzgerald (Tom Hardy, “Mad Max: Estrada da Fúria”, “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge”).

Tomado pela sede de vingança e por uma força de vontade quase sobre-humana, Glass precisa usar todas as suas habilidades para sobreviver ao território inóspito e, assim, encontrar Fitzgerald.

Além de DiCaprio e Hardy, o elenco conta ainda com outros bons nomes como Domhnall Gleeson (“Ex-Machina: Instinto Artificial”) e Will Poulter (“Maze Runner: Correr ou Morrer”).

Apesar do enredo bem clichê (homem movido pela vingança), O Regresso se destaca positivamente pelas atuações de DiCaprio (Leo tem tudo para levar sua estatueta dessa vez!!) e Hardy. O primeiro consegue transmitir, com poucas palavras e muitas expressões, todo o sofrimento ao qual seu personagem é exposto e toda a dificuldade que ele passa ao longo da jornada.

Hardy, por sua vez, vai muito bem como antagonista. Não um simples vilão puramente maldoso, mas sim um homem que depende do sucesso da expedição e que, por colocar seus interesses acima de qualquer coisa, opta por mentir e abandonar seu parceiro em dificuldades.

Outro destaque fica por conta das cenas longas e sem cortes (planos-sequências). Esse estilo que traz outro nível de realismo ao espectador, aumentando a proximidade com os personagens na tela, como já vimos em “Birdman”. Some-se isso às belas paisagens da produção (fotografia de Emmanuel Lubezki) e temos a excelente experiência visual que é a nova obra de Iñárritu.

Sem mais delongas: O Regresso vale o combo ingresso + pipoca e mostra o porquê de ser um dos grandes favoritos da academia em 2016!

Nota: 8,5/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s