depoisdaquelamontanha_2

Por Johnny Ribeiro 

Depois de ter o voo cancelado, Alex (Kate Winslet) e Ben (Idris Elba), tentam a sorte com um voo fretado. Após o avião cair, os dois precisam fazer o possível para sobreviver. Dirigido por Hany Abu-Assad, com a participação de Beau Bridges e um cachorro muito brother (Sim, de relevante, só tem esses 2 personagens secundários) (O cachorro é muito brother, ele merece).

Poucos filmes de sobrevivência tentam explorar algo menos caótico e mais “realista”. A montanha entre nós passa muito bem a questão do tempo que se fica preso. Muitos filmes passam 3 meses em questão de 20~30 minutos e acaba perdendo a sensação de tempo pro espectador. Essa sensação acaba tendo seus problemas por deixar o filme um pouco mais lento, mas é nesses momentos que geralmente são desenvolvidos os personagens ou estabelecidos conceitos em um bom filme. Nem todos os filmes de sobrevivência precisam ser Mad Max ou The Revenant onde tem 2394823 coisas acontecendo.

Mas esse não é exatamente o caso…

Idris Elba mostra mais uma vez serviço com uma excelente atuação, assim como Kate Winslet, mas mesmo o talento dos dois não consegue segurar muito a atenção no filme. O filme é bem lento, mas não consegue desenvolver os personagens pra compensar a falta de coisas acontecendo na tela. Pense nas cenas da trilogia dos Senhor dos Anéis onde eles ficavam só andando. Eram só alguns shots não é? E entre eles havia algo muito maior acontecendo. Depois Daquela Montanha não. Só alguns diálogos entre uma ou outra caminhada. De fato, os personagens são bem desenvolvidos com esses diálogos, mas a evolução do arco deles fica lenta e desinteressante. A química entre os dois é bem falha e acaba resultando em um dos beijos mais cringe que eu já vi no cinema. A parte de sobrevivência do filme acaba funcionando muito bem, principalmente ao colocar um médico cirurgião como personagem pra dar credibilidade nas soluções pra situações, mas a história do romance é extremamente desnecessária e mesmo com dois grandes atores mandando relativamente bem, a ponto de chegar em um ponto onde você torce pro cachorro ficar louco e comer os dois.

Pra ser justo, é importante ressaltar a qualidade da produção do filme. Seus cenários são muito bem feitos e é um filme extremamente agradável de se assistir, visualmente falando. Não que isso salve o filme de forma geral.

Depois Daquela Montanha é bem lento e o mesmo que acerta com suas questões de sobrevivência, erra com seu romance torto. Quando o cachorro é o melhor personagem ao contracenar com boas atuações de Idris Elba e Kate Winslet, você sabe que tem algo de errado.

Nota: 4,5/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s