por Dan Costa

O site Imdb categoriza este filme como terror, mas o único medo aqui é ter que passar 100 minutos vendo mais um filme da mesma diretora de Crepúsulo, Catherine Hardwicke. A Garota da Capa Vermelha tinha tudo para ser um ótimo filme, pelo menos a história original tem todo potencial. Infelizmente algumas coisas muito erradas entraram no caminho desta película, vou citar algumas: Summit Entertainment, trilha sonora, Billy Burke, Catherine Hardwicke, triangulo amoroso, lobisomen, má atuação, e péssimos efeitos especiais. Não pessoal, não estou falando da “saga” Crepúsculo, e sim desse aborto da série, chamado A Garota da Capa Vermelha.

O filme, em teoria, falaria sobre a famosa fábula mas aqui conseguiram estragar a história. A atuação dos atores é sofrível, com algumas exceções, com Gary Oldman salvando o dia. A protagonista, Amanda Seyfried, no papel de Valerie (Chapeuzinho) também é semi-descente. E parou por aí.Vou aproveitar e juntar os comentários da direção. Catherine Hardwicke deve ter um canal muito forte dentro do estúdio para deixarem ela se aventurar nessa área. Seus filmes são iguais, mesmo tipo de música, história boba e atores iniciantes. Tudo bem, todo diretor tem sua assinatura, como John Woo e suas pombas brancas, ou Steven Spielberg e seus 2 grupos de pessoas tendo conversas simulâneas na mesma cena, mas Hardwicke dá literalmente o Crtl C + Crtl V em seus filmes.

Resumindo: A Garota da Capa Vermelha foi feito para quem gosta de filmes bobos, fãs de Crepúsculo, ou adolescentes que acham que isso é filme de terror. Quer terror? Vá ver Evil Dead, Exorcista, Massacre da Serra Elétrica, Halloween…

Nota:2,5/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s