por Dan Costa

E a matilha está de volta em Se Beber Não Case 2! Doug, Phil, Stu e Alan estão em mais uma “aventura”, mas só que desta vez ao invés de Las Vegas, o pessoal está na Tailândia. O filme teve alguns problemas na produção, como os cortes dos papéis de Mel Gibson e Liam Neeson. Mesmo com tais problemas, Se Beber Não Case 2 consegue ser engraçado.Talvez não devesse ter ido à pré-estréia com a expectativa lá em cima, mas depois de todo o sucesso do primeiro filme, era mais que natural que estivesse esperando muito da segunda parte. O filme tem praticamente a mesma estrutura que o primeiro e é nítido que o pessoal da Warner quis repetir a dose com a mesma receita. Se Beber 2 começa do mesmo jeito, com flashback, Phil no telefone  falando “Nós ferramos tudo!” e depois cortando pros dias atuais. Desta vez, quem está se casando é Stu, que conheceu uma bela tailandesa Lauren( Jamie Chung ) e tenta conquistar o seu sogro, que acha que o mundo seria melhor sem Stu. Depois de uma noite regada a bebidas, o pessoal acorda num hotel sem saber de nada e com alguém sumido. O resto vocês podem imginar.

A matilha está totalmente reunida aqui, incluindo Mike Tyson. Vou começar com Doug (Justin Bartha), que aqui igual ao primeiro filme, não aparece muito. Bartha deve receber o mesmo que seus colegas e é o que menos trabalha (leia-se: tem menos tempo de tela). Bradley Cooper reprisa seu papel como Phil, o cara mais centrado, que faz menos estragos. Ed Helms rouba a cena nessa parte 2 de Se Beber Não case, no papel de Stu. A parte em que eles chegam numa casa de “mulheres duvidosas” é hilário. Helms também faz musiquinha para o filme, só que ao invés do piano,ele usa um violão. O ator Zach Galifianakis continua engraçado com o seu jeito Galifianakis de ser, fazendo com que Alan dê uma pitada especial no filmes. Heather Graham não voltou, ao contrário de Mike Tyson eKen Jeong, como Mr. Chow.

Todd Phillips já conseguiu ser mais engraçado. Acho que o diretor poderia ter ousado mais nas piadas, e ter mudado pelo menos um pouco a sua abordagem em Se Beber 2. Aqui ele tentou ir pelo lado seguro de Hollywood, repetindo exatamente a mesma fórmula, poderia ter ousado muito mais.

Resumindo: Você vai ter a impressão de já ter visto esse filme. Se Beber 2 é bom, muito bom. Mas se você não tiver visto o primeiro ou esqueceu de vê-lo, o “fator” diversão do segundo irá aumentar. Se tiver um terceiro, espero que sigam uma rota diferente para renovar a série.

Nota: 8/10

Bradley Cooper
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s