O conceito de divulgação de uma obra com fins lucrativos parece estar nublado para alguns produtores da sétima arte.

Pela primeira vez na história do Festival de Cannes, uma empresa de distribuição estipulou uma taxa para jornalistas entrevistarem celebridades de Hollywood. Alguns nomes mais “quentes”, como Brad Pitt, receberam preço maior: no caso dele, 2.500 euros (quase 3 mil dólares) por 20 minutos de papo. 

Quem cobra é a Alliance, distribuidora do novo filme do ator, “Killing Them Softly”, sob a justificativa de que investe muito dinheiro na divulgação e que não é justo os jornalistas terem acesso às celebridades de graça. As informações são do site alemão Der Spiegel.

Apesar de ser novidade em Cannes, a prática não é inédita: a mesma produtora atacou no Canadá, cobrando por encontros com Pitt e Kristen Stewart, protagonista da franquia Crepúsculo. Uma conversa com Stewart foi definida em 1.293 dólares, em média.

Para estabeleçar os valores, uma tabela de custos chegou a ser enviada para as redações de jornais. O preço varia de acordo com a mídia, impressa ou TV, ou se entrevista será feita individualmente ou em grupo. A iniciativa, é claro, não está sendo bem recebida por jornalistas, que argumentam contra a abertura de um perigoso (e caro) precedente.

Fonte: Exame

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s