“You’re one ugly motherfucker” – Nikolai

por Dan Costa

Predadores (Predators) é um filme que faz a gente lembrar dos anos 80, e nos faz esquecer das aberrações que foram Aliens Vs Predador 1 e 2.

Após anos e mais anos de espera, e aberrações da natureza como Aliens Vs Predador 1 e 2, finalmente recebemos um filme que faz jus ao antecessor. Predadores chega em 2010 para dar aquele gostinho de nostalgia para quem viu o original Predador e virou fã de carteirinha. O primeiro filme da série trazia ícones do cinema, mais precisamente do gênero de ação como Arnold Schwarzenegger, Carl Weathers e Jesse Ventura.  Jean Claude Van-Dame também fez parte do inicio das gravações como Predador, mas não aguentou o calor da roupa e acabou sendo substituído, não tendo o nome nem nos créditos finais do filme. Os efeitos especiais da época cumpriram seu papel e foram marcantes na hora de criar o antagonista.

Desta vez, quem assume a direção é Nimród Antal, que faz sua estréia em filmes de Hollywood, fazendo um ótimo trabalho. Produzido e escrito por Robert Rodriguez (Sin City, Planet Terror, El Mariacchi), Predadores traz agora um ótimo cast com Adrien Brody (Royce), Alice Braga (Isabelle), Topher Grace (Edwin), Danny Trejo (Cuchillo), Lawrence Fishburne (Noland) e Derek Mears (Predador) .

Predadores começa com Royce caindo do céu, numa mata muito semelhante à floresta amazônica. Logo após a queda, ele encontra outros que também caíram. Já em terra, percebem que todos são criminosos mercenários. O filme demora a entrar no ritmo. Num ritmo mais cadenciado no começo, a película chega a cansar mas isso muda depois que a ação começa. Os personagens tentam achar uma saída da selva mas não acham, descobrindo que estão em outro planeta, o dos predadores. Lá, somos introduzidos à novos personagens, novas raças de predadores, como cães utilizados para caçar humanos e predadores de outra “tribo. Royce e os outros mercenários descobrem que estão sendo caçados, que existem temporadas de caça nesse país, e eles são a caça desta vez.

A partir daí o fime pega velocidade e não para mais. Temos mortes memoráveise MUCH sangue e uma luta bem interessante entra um membro da yakuza e um dos predadores. Temos também a aparição do predador que apareceu nos dois filmes prévios à esse, e mais 3 da nova “tribo”. Uma reclamação que tenho para fazer são os efeitos da visão do predador. Nos primeiros filmes, mesmo com efeitos mais obsoletos, os efeitos de visão do predador parecia mais real, mais interessante. Neste filme tentaram incrementar demais, mas melhor sobrar do que faltar, certo?

Vale a pena ver o filme no cinema, eu sei que eu vou comprar quando sair em blu-ray. Uma ótima continuação, melhor que o segundo, mas pior que o primeiro, que é incomparável.

Nota 8,5/10

Anúncios

1 comentário »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s