O Que Te Faz Mais Forte (Stronger), do diretor David Gordon Green (“Segurando as Pontas”, e do vindouro “Halloween”), é uma produção baseada em fatos reais adaptada do livro homônimo escrito por Jeff Bauman, um dos 264 sobreviventes do atentado que matou três pessoas na maratona de Boston em 2013.

Jeff (Jake Gyllenhaal, “O Abutre”, “Evereste”) é um cidadão comum de Boston que, na tentativa de reconquistar a ex-namorada Erin (Tatiana Maslany, “Para Sempre”, seriado “Orphan Black”), posiciona-se próximo a linha de chegada esperando pela moça.

Tudo muda na vida de Jeff quando ele é atingido por uma das explosões e suas pernas precisam ser amputadas. A foto do seu resgate e sua ajuda nas investigações levam o rapaz, que ainda luta suas próprias batalhas internas, a ser visto como herói e símbolo de esperança para uma nação.

Também fazem parte do elenco: Miranda Richardson (“Harry Potter e o Cálice de Fogo”, “Harry Potter e as Relíquias da Morte: parte 1”), Nate Richman (“Um Espião e Meio”), Richard Lane Jr. (“Redes do Crime”), Lenny Clarke (“Ted 2”), Carlos Sanz (“Adrenalina”), entre outros.

Filmes dramáticos baseados em histórias reais de superação costumam ser, em regra, mais do mesmo, infestados de clichês e com poucas mudanças de um para o outro, mas a direção de Green e o roteiro de John Pollono tiram O Que Te Faz Mais Forte desse lugar comum.

Com a intenção de focar no embate psicológico do protagonista (Bauman não entende como pode ser um herói se a ‘única’ coisa que fez foi perder as pernas) e a evolução/aceitação dessa nova realidade, a produção dá atenção especial aos detalhes dos momentos outrora triviais que se tornaram difíceis para Jeff durante sua recuperação (ir ao banheiro, levantar da cama…), ao mesmo tempo em que uma cidade inteira lhe presta homenagens.

Nada melhor do que uma excelente atuação para transmitir sofrimento e tensão, e Jake Gyllenhaal tem sido o cara pra isso! Com mais uma performance magistral (digna de pelo menos figurar entre os indicados ao Oscar, coisa que inexplicavelmente não aconteceu…), o ator entrega perfeitamente toda a angústia, tristeza e até comédia vividas pelo protagonista. Vale destacar também o trabalho de Tatiana Maslany, que desenvolve de maneira exemplar o peso da culpa que Erin sente pela situação de Jeff, ajudando-o até quando ele não parece se ajudar.

O Que Te Faz Mais Forte tem sim seus clichês, mas difere no tipo de abordagem (mais crua, mas ainda íntima e pessoal), com Jeff evitando o rótulo de herói e tentando seguir com seu jeito leve de ser em meio às dificuldades. É emocionante, impactante e supera bem as expectativas.

 Nota: 8/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.