por Dan Costa

Posso falar para vocês, caros amigos do Filmes e Tal, que fui assistir à esse filme no cinema com um pé atrás. Acho mais porquê filme de faroeste não é muito minha praia e por causa do título, que achei meio escroto (perdoem-me a franqueza). Mas o Bravura Indômita, apesar do título fraco, é um ótimo filme e merece suas 10 indicações ao Oscar de 2011.

O filme conta a história de uma menina que tem o pai assassinado e procura vingança contra seu assassino. Bravura Indômita conta com um excelente grupo de atores (principais e de suporte) que fazem o filme não ser apenas mais um bang-bang (cuidado não confundir com gang-bang hehe), mas um ótimo filme com uma história maravilhosamente contada que faz os personagens te cativarem. Até mesmo os bandidos te cativam, como Josh Brolin no papel de Tom Chaney – “Hoje não é o meu dia, nada dá certo”. Muito bom!

Já que falei de Josh Brolin, vamos falar das atuações. Jeff Bridges faz aqui o papel de Rooster Cogburn, um velho oficial sabichão, alcoólatra, cego de um olho que decide ajudar a pequena Mattie à se vingar. Bridges com certeza merece sua indicação ao Oscar. E quem faz o papel da joven é a novata Hailee Steinfeld, que faz sua estréia no cinema com muita gana e maturidade e arrebatando também uma indicação como Melhor Atriz Coadjuvante. Steinfield tem tudo para ser uma atriz “A-List” de Hollywood. Matt Damon também está no filme e faz um belo trabalho, que de acordo com vários críticos, mereceria pelo menos uma indicação. Damon interpreta LaBeouf, um Ranger texano que se junta à Mattie e Rooster para caçar Tom Chaney (Josh Brolin). Acho que Damon se destacou mais na segunda parte do filme, sendo ofuscado pelos 2 protagonistas no início. E também temos Barry Pepper, no papel do bandido Lucky Ned. Posso estar errado, mas é impressão minha ou Pepper só aparece em filmes de guerra ou filmes que ele tem que atirar? Mas como disse, todo o elenco é cativante, do bonzinho ao bad motherfucker.

Os irmãos Cohen voltam em grande estilo em Bravura Indômita. Adorei a abordagem deles e seu estilo (que é impecavel na maioria de seus filmes). Ah, e nesse filme você vai achar sangue na hora certa e da maneira certa. Tiros na boca, dedos decepados, etc… Se vou ver faroeste, é melhor ser verossímil! E Bravura é extremamente realista.

Resumindo: Bravura Indômita merece todas suas indicações ao Oscar, e merecia algumas mais. O filme não é chato e consegue ser bastante divertido (leia-se engraçado), com as tiradas de Jeff Bridges. Vamos às suas indicações? Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia, Melhor Figurino, Melhor Direção, Melhor Edição de Som, Melhor Mixagem, Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Roteiro Adaptado. Nada mau, hein?

Nota: 9,5/10

Anúncios

2 comentários »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s