por Dan Costa

O filme Poder Sem Limites conta a história de três amigos que ganham superpoderes após terem contato com um objeto misterioso. Pouco tempo depois, suas vidas se descontrolam e tanto suas amizades quanto seu caráter são testados.

O longa é filmado num estilo parecido com Atividade Paranormal mas com menos tremedeiras e sem aquele lance de “baseado em fatos reais”. O trip principal de atores conta com Dane DeHaan, Alex Russell e Michael B. Jordan no papel de Andrew, Matt e Steve respectivamente. Os atores demoram a criar uma empatia com o público, com Michael B. Jordan sendo o mais carismático dos três. DeHaan consegue criar um vínculo com a audiência, mas vai do amor ao ódio muito rápidamente. Chegou uma hora que eu estava torcendo contra o cara. Agora, Alex Russell que surpreende aqui, roubando o papel de ator principal de DeHaan, deixando-o como coadjuvante por mais da metade do filme.

O diretor aqui é Josh Trank, fazendo sua estréia como diretor de filmes para cinema. Ele já crédito mas como diretor de uma série para a televisão. Trank faz um bom trabalho, sendo criativo em angulos e no POV. O fato de um dos adolescentes poder controlar a sua câmera com a mente, facilitou muito o trabalho do diretor para ousar.

Resumindo: Poder Sem Limites é um filme que serve apenas para entreter, quiçá pensar em outras questões sociais como o bullying. O filme não explica um monte de coisa (como o material misterioso que torna as pessoas poderosas), mas consegue divertir.

Nota: 6/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s