logan-2017-poster

por Amanda Leite

Logan, dirigido por James Mangold (“Garota Interrompida”, “Identidade”) é um filme estadunidense de ação e aventura, lançado no ano de 2017. Filme superficialmente baseado no arco dos quadrinhos “O Velho Logan” de Mark Miller.

No ano de 2029  é apresentado um Wolverine (Hugh Jackman, saga “X-men” e “O Grande Truque”) mais velho, com seu poder de cura diminuindo, viciado em bebidas e trabalhando como chofer para cuidar de um Professor Xavier (Patrick Stewart, a saga “X-men”) nonagenário e debilitado. Em certo momento Logan é procurado por uma mexicana para que ele a ajude em uma missão, porém o mutante se recusa a voltar à ativa. Ao mesmo tempo, o mercenário Donald Pierce (Boyd Holbrook, a série “Narcos” e “Noite Sem Fim”) vai a encontro do Carcaju fazendo acusações e ameaças.

Fox nos apresenta um filme de cunho adulto (pela segunda vez) e mostra que para fazer grandes filmes de super-heróis, não precisamos de blockbusters cheios de piadinhas infames. Parabéns a Fox, começou sua redenção 2011 com o “X-men – Primeira Classe” e agora chega a seu ápice com Logan.

O filme nos apresenta uma quantidade gigantesca de ação e muito sangue (me perguntei se Tarantino não tava ali atrás dando uma mãozinha), ou seja, nosso querido carcaju recebe um filme mais verossímil com o que ele é nas suas histórias em quadrinhos: um filme rústico, selvagem e intenso. E para que tudo isso desse certo, os atores certos, a fotografia certa, a edição certa, tudo certo.

Hugh Jackman, para aqueles que torciam o nariz contra o ator e até o momento não achava nada grandioso vindo dele como Wolverine, não existe alguém que possa falar dele depois dessa película. Sua despedida se deu com chave de ouro, sentiremos saudades. E em falar sentir saudades, quem não sentirá de Patrick Stewart? O nosso querido Professor Xavier (tão parecido com o dos desenhos que até assusta), também se despede de uma forma sublime, e até nele foi trazida uma pegada mais adulta. No filme vemos um Professor X mais “humano”, mais próximo de nós, um professor debilitado e que fala palavrão.

Agora, deixando um pouco de lado os já conhecidos, nos é apresentado como Laura Kinney/ X-23 a atriz Dafne Keen ( a série “Os Refugiados”), uma atriz mirim com apenas 12 anos de idade. A menina recebe um papel árduo, ser a possível nova substituta de Hugh Jackman, e sinceramente a menina já começa de forma formidável. Ela consegue demonstrar todas as características da mutante que ela é, uma mutante selvagem, mas que mesmo assim é uma criança em processo de desenvolvimento e aprendizagem. Também é apresentado como Donald Pierce o ator Boyd Holbrook. O ator é um mercenário e sim, o rapaz sabe deixar as pessoas com raiva, principalmente em suas falas cheias de cinismo.

Além de todas as boas atuações que o filme tem, a fotografia e a edição souberam fazer seu dever de casa, deixando o filme bonito de se ver. E o mais importante, um filme de ação pode ser feito em lugares não urbanos e mesmo assim ter cenas grandiosas (aprende aí Zack Snyder), ou seja, não é preciso sair destruindo prédio e afundando navios para que um filme de ação se torne um sucesso.

De forma geral, Logan, é o melhor filme de super-heróis até o presente momento. A Fox aprendeu com seus erros, trabalhou duro, percebeu que nem tudo é blockbusters e fez o filme se tornar extraordinário (continuem assim).

Nota: 9.5/10

Obs. Jackman e Patrick podem ficar tranquilos, vocês se despedem de forma linda e nós sentiremos bastantes saudades.

Obs². Irei parabenizar a Fox até os últimos tempos por esse filme.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s