por Paulo Mansur

2 palavras:

Guy Ritchie. Simples assim.

Essas 2 palavras dizem muito.

Dizem que o filme será pau dentro, com cenas cortadas esquisitamente, diálogos afiados, cenas de uma comédia esquisitamente mórbida, e uma sensação que o filme foi feito para o Jason Statham.

Porém, como foi o caso do Sherlock Holmes, o filme não está NEM AÍ para a (ou as) história (s) do Rei Arthur / Excalibur.

N-E-M-A-Í.

É um festival de (SPOILERS A FRENTE, CUIDADO. REPITO: SPOILERS): Mordred morre no começo, entra o Jude Law, não tem Morgana, não tem Morgause, não tem Merlin.

NÃO.TEM.FUCKIN. MERLIN.

Mas TEM Kung Fu!!!

É pra comer o cu do palhaço.

E pra deixar MAIS impressionante: Sabe a pedra da qual o Arthur tira a espada?

É o Pai dele.

FALEI!

Se isso não te incomoda,é um ótimo filme. Muito bom .

O Son Of Anarchy (0,4% de gordura) ta de boa no papel. Não precisa de muito.

A Maga (ruim, porém esquisitamente boa), ta de boa no papel. Não precisa muito.

O Mindinho do GoT, ta de boa no papel. Não precisa muito.

E tem um dos melhores atores do planeta Terra: Djimon Hounsou. De boa no papel.

O filme tem cenas cabulosas mesmo. As cenas (obvio) de porrada são sensacionais (Guy Ritchie, benhê).

O Filme é MUITO bonito. Mesmo.

As cenas de magia / bruxaria são lindas.
É o melhor filme do Guy Ritchie? Não.
Mas nem de perto.

Porém, vale a pena.

De 10 estrelas, dou 7,5.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s