aefaqegq

AVISO! Essa review contém spoilers leves de Divórcio. Como o filme é ruim e você provavelmente não vai ver, talvez isso não seja problema. Nenhum dos spoilers fala de algo que não é mostrado no trailer.

por Johnny

Júlio (Murilo Benício) e Noeli (Camila Morgado) eram um bom casal até a fama e o dinheiro da empresa que os dois construíram separarem os dois. Agora os dois se veem em uma briga pelo dinheiro e a guarda dos filhos. Dirigido por Pedro Amorim, com a participação de André Mattos, Paulo Serra e Luciana Paes.

Murilo Benício e Camila Morgado carregam o filme praticamente sozinhos. Se os trailers não tivessem estragado os melhores momentos deles talvez eu tivesse gostado um pouco mais. O roteiro atrapalha bastante, mas eles conseguem entregar personagens satisfatórios e em poucos momentos engraçados. Talvez o único personagem fora dos principais que eu tenha gostado foi a do Paulo Serra, que foi o único que me fez rir na sessão inteira. André Mattos parece que faz sempre o mesmo personagem em todos os filmes dele e Divórcio não é uma exceção. Ver esse mesmo personagem tantas vezes infelizmente já me cansou.

Amor.com foi a minha primeira review aqui no site. Chega a ser um pouco nostálgico falar (mal) de um filme brasileiro de comédia romântica. Mentira, só é triste mesmo. Divórcio peca nos mesmos pontos de Amor.com em ser absurdamente previsível. Talvez a minha expectativa estivesse um pouco maior pra esse filme, mas em alguns momentos eu achava que o filme ia tomar um outro rumo mais inesperado para dar um pouco mais de emoção, só para me decepcionar e voltar pra algo que uma criança de 5 anos consegue deduzir. Pra um filme que foca boa parte em discussões jurídicas, a lei parece se aplicar muito pouco para os protagonistas. Júlio e Noeli cometem um trilhão de crimes (invasão de propriedade, espionagem, uso de armas de fogo para destruição de propriedade alheia, entre outras coisas) e só quando Júlio não paga a pensão de Noeli que ele vai preso. Os personagens secundários como em quase todas as comédias românticas não ganharam um arco decente. Tirando os personagens principais, todos os personagens são 100% unidimensionais e adicionam muito pouco pra história. E mesmo os personagens principais tem arcos bem rasos e mudam sem muito motivo aparente.

Uma coisa que me incomodou foi como eles trataram o tema do feminismo no filme. Temas sociais importantes como o feminismo, racismo entre outros, quando colocados em filmes de comédia são bem mais delicados de se tratar. A questão não pode passar como uma piada. Tem que passar uma mensagem forte. Apesar de a personagem de Noeli se tornar aos poucos uma mulher mais forte e independente, a mensagem pareceu meio fraca.

Pra não falar que não tem nada de bom no filme, a trilha sonora é muito boa. Eu não sou fã de sertanejo mas acabou encaixando bem no longa. Isso sem falar numa ótima versão de Evidências que toca no início e no fim do filme. Não existe metaleiro quando toca Evidências.

A não ser que você goste MUITO de comédias românticas, não perca seu tempo nem seu dinheiro nesse filme.

Nota: 3/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s