Novo filme de Fatih Akin é protagonizado por Diane Kruger, vencedora do prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cannes pelo trabalho unanimemente elogiado no longa.  

  Entre os nove pré-selecionados para disputar o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2018, “Em Pedaços” é o novo trabalho do diretor Fatih Akin, que está no pareô representando Alemanha. Contemplado anteriormente com importantes prêmios da indústria cinematográfica em três grandes festivais internacionais – em 2004 recebeu o Urso de Ouro no Festival de Berlim com “Contra a Parede”, em 2008 o prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Cannes por “Do Ouro Lado”, e o Prêmio Especial do Júri no Festival de Veneza em 2009 por “Soul Kitchen” – Fatih Akin apresentou “Em Pedaços” pela primeira vez no 70ª edição do Festival de Cannes, onde sua protagonista Diane Kruger saiu vencedora do prêmio de Melhor Atriz. “Em Pedaços” conta a história de Katja Sekerci (Diane Kruger), uma alemã que leva uma vida normal ao lado do marido turco, Nuri, e do filho de 7 anos. Um dia, ela é surpreendida ao descobrir que ambos morreram devido a uma bomba colocada diante do escritório do marido. Desesperada, Katja decide lutar por justiça ao descobrir que os responsáveis foram integrantes de um grupo neonazista. A estreia está confirmada para 8 de fevereiro.

“Em Pedaços” foi o vencedor do Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro no último dia 7 de janeiro, e na mesma semana, recebeu o Critic’s Choice Awards da mesma categoria.  “Em Pedaços” transmite para as telas a fúria de Fatih Akin com os assassinatos cometidos pelo grupo de extrema direita da Alemanha, NSU, entre 2000 e 2006, e também sua revolta com a forma como a polícia e o Ministério Público agiram diante desses crimes, investigando os parentes das vítimas, e as transformando em criminosos no estágio inicial das investigações. Esse cenário serve como pano de fundo para a história da protagonista, que se transforma de uma mulher pacata para uma viúva com sede de vingança.

Este é o primeiro filme falado em alemão da carreira de Diane Kruger, mais conhecida por seus trabalhos em “Tróia (2004)”, como Helena de Tróia, “Bastardos Inglórios (2009), onde foi dirigida por Quentin Tarantino, e Adeus, Minha Rainha (2012) de Benoîte Jacquot, onde viveu a polêmica rainha francesa Maria Antonieta. Modelo de grandes grifes de luxo como Dior, Chanel, H. Stern, Jaeger e Le Coultre, Diane Kruger dedicou seus últimos anos em sua carreira de atriz, e já tem mais uma parceria firmada com Fatih Akin, onde interpretará a lendária atriz alemã Marlene Diertich em uma serie de TV.

Fonte: Press Release

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.