Black Mirror 2

Nota da Autora: Um dos favoritos ❤

“Fifteen Million Merits” é o segundo episódio da primeira temporada da série.

Em um mundo onde as vidas das pessoas consistem em andar em bicicletas ergométricas (high techs) para obter créditos, Bing (o maravilhoso Daniel Zaluuya, “Corra” e “Pantera Negra”) tenta ajudar Abi Khan (Jessica Brown Findlay, “Um Conto do Destino” e “Downtown Abbey”) a entrar em um show de talentos.

_________________________S P O I L E R_________________________

No segundo episódio da série temos um contexto mais caricato e uma introdução de fato da tecnologia. A série nos apresenta uma colônia dentro de um prédio (sendo um ambiente bastante claustrofóbico) onde não temos uma janela sequer. As pessoas pedalam num vazio existencial, e apenas sobrevivem no meio dessa cultura puramente virtual para gerar energia e consequentemente acabam ganhando merits. Quem não consegue “trabalhar pesado” acaba sendo “rebaixado” a cargo de limpeza.

O que é  incrível perceber nessa parte é que os funcionários “rebaixados” são em sua maioria gordos, e tais são hostilizados o tempo inteiro.[1]

Aí temos uma primeira visão do que seria muitas empresas e seus funcionários: apenas números, em condições minimamente humanas (minimamente mesmo), a questão hierárquica evidente e a hostilidade que isso muitas vezes carrega,  além das “brigas” para ganhar mixaria.

Com os merits as pessoas têm condições de dar upgrade em seus avatares, comprar aplicativos diferentes e pular anúncios que aparecem a qualquer (isso te lembra alguma coisa?) momento em suas televisões dentro do quarto. Bom, conforme passa o episódio o fato é que fica mais evidente o quanto vivemos numa sociedade do consumo já que para se fazer qualquer coisa é necessário merits (fica de exemplo que para pular os anúncios é necessário desbancar tal).

A história começa de fato quando Bing acaba se encantando pela cantoria e até mesmo pela pessoa (isso é provavelmente a coisa mais real que ele possa ter vivenciado) de Abi Khan ao escutá-la no banheiro, e então toma a decisão de ajuda-la a comprar sua participação no reality doando assim quinze milhões de merits.

É evidente a crítica em relação a tais programas, que passam por cima do sonho de muitos para trazerem uma celebridade, e consequentemente entregar uma falsa esperança para aqueles  que esperam mudança. A verdade é que Abi Khan ao entrar no programa acaba agradando ao público com sua cantoria, porém é “rejeitada” pelos juízes que alegam a saturação no mercado musical mas que teriam um outro ramo a oferecer, o ramo pornográfico. Se sentindo pressionada e até mesmo desesperada por transformações, e acaba aceitando a proposta.

O nosso protagonista depois de ver sua paixão nessa situação acaba “perdendo” o controle e resolve que fará algo para mudar e chocar a sociedade. Ele então começa a acumular merits (já que todos que ele tinha foram doados), chegando ao ponto de pegar comida que iria para o lixo para economizar. Quando finalmente consegue o valor que desejava, compra sua participação em Hot Shot.

Ao se apresentar, Bing começa um discurso arrebatador (parabéns Daniel), cheio de sentimentos e críticas pesadas, enquanto segura um pedaço de vidro quebrado contra seu pescoço. O público e os jurados ficam pasmos durante todo o discurso e após o finalizar acaba vindo os aplausos. As pessoas ficam impressionadas com a verdade e toda aquela emoção colocada nas palavras de Bing.

O final em resumo é: uma pessoa que tanto critica o sistema, recebendo “mundos e fundos” do mesmo. Bing, é um novo entretenimento que faz discursos carregados de críticas contra esse sistema todos os dias, mas no final recebe um apartamento amplo com janelas para o mundo exterior (não mais só televisões e um quarto minusculo) do mesmo.[2]

Em resumo: Fifteen Million Merits vem para julgar a sociedade em várias camadas, do sistema até a forma como hostilizamos os diferentes, o episódio é carregado de críticas e excelentes interpretações.

[1] Isso parece algo?

[2] Globo, q?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s