Por Fernando Booyou

Mais zoeira, mais porrada, mais do mesmo. Deadpool 2 extrapola em tudo, mas é conservador em repetir fórmula do filme anterior.

Quebras de quarta parede. Falta de bom senso. Referências distorcidas da cultura pop. Sangue e violência ao máximo. Zoação sem fim com outros heróis, independente de editora ou estúdio. Comentários constrangedores. Pancadaria generalizada. Enfim, tudo que você tanto gostou em Deadpool volta elevado ao quadrado em Deadpool 2. Mas enquanto a continuação ultrapassa seus próprios limites de zoeira, ao mesmo tempo o filme se limita em seguir tudo que deu certo no antecessor. Padrão bastante comum em filmes de franquia como Se Beber Não Case, Velozes & Furiosos e até mesmo dentro do universo dos X-Men.

Sem detalhar muito (para não estragar a experiência), o enredo segue a mesma cadência do seu precursor. Abertura com cena explosiva e câmera lenta. Hip Hop de fundo e outras ‘tiradas’ com música. Deadpool (Ryan Reynolds) precisa proteger alguém com quem ele se importa. Ao longo do filme, aparecem outros personagens dos quadrinhos. E todas piadas que deram certo também se repetem. Tem piada com os X-Men. Tem piada com CG (Computação Gráfica) e efeitos do filme. Tem piada com pose de herói e suas peculiaridades. Tem piada com o passado do ator em outros filmes. Tem piada com partes do corpo que, após serem decepadas, se regeneram parecendo de criança. E mesmo sendo repetições, o exagero garante a risada. Uma comédia com temática herói que entrega o que promete. E mais nada além disso.

Quem assistiu John Wick ou Atômica provavelmente esperava sequências de ação mais elaboradas do diretor David Leitch. Em alguns momentos pontuais percebemos coreografias de combate ou detalhes de enquadramento mais elaborados que deixam impressas a condução do diretor. Porém o filme tem pequenos problemas de timing, dando importância para momentos e quadros irrelevantes e tratando com rapidez instantes que mereciam mais ênfase. Talvez influência do próprio Ryan Reynolds. Os efeitos também não melhoraram na continuação. Embora tenha um orçamento maior e seja mais bem produzido, o longa ainda peca na qualidade visual, com momentos em que a CG se torna muito evidente para o espectador.

As motivações também mereciam uma profundidade e aspectos mais nobres. O anti-herói Nathan Summers, conhecido como Cable (Josh Brolin), não tem seu lado sombrio explorado (por exemplo, sua tecnologia biônica do corpo, na verdade, é como um vírus que ele luta contra para não ser consumido), nem também há alguma referência ou piada aos problemas de relacionamentos com o pai Scott Summers, o famoso X-Men conhecido como Ciclope. E apesar da proporção inferior em relação ao personagem dos quadrinhos ser usado de forma positiva e com humor, sua motivação dentro do enredo é mais egoísta do que costuma ser dentro das HQ. Suas viagens no tempo sempre envolvem salvar os mutantes ou até mesmo toda a humanidade. Aqui, o altruísmo pelo bem maior é deixado de lado para um objetivo mais pessoal.

Mesmo não arriscando em trazer algo novo, Deadpool 2 se garante com bastante humor. Todas possíveis conseqüências e desdobramentos são resolvidos no próprio filme. Neste ponto, continua não influenciando no restante do universo cinematográfico. O que dá, novamente, um caráter episódico a continuação. Se no desenvolvimento o argumento é conservador, na comédia vai além do bom senso. As cenas pós-crédito sozinhas já garantem o preço do ingresso (são duas cenas e valem a espera). Já a improvável relação entre um personagem carrancudo e outro fanfarrão funciona perfeitamente, como se Cable fosse a âncora da realidade para a falta de noção do protagonista. Porque Deadpool é isso. É sangue, é comédia, é anti-heróico, mas é, acima de tudo, muito sem noção.

Nota: 8 /10

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s